ANO VOCACIONAL 2023:

seminario_cf
Seminário Nacional C. F. 2022 – 1º Dia
janeiro 24, 2022
seminario_cf
Seminário Nacional C. F. 2022
janeiro 31, 2022
ano-vocacional-2023
COMISSÃO REÚNE-SE PARA PENSAR OS ROTEIROS CELEBRATIVOS DIRECIONADOS ÀS FAMÍLIAS, AOS JOVENS, CRIANÇAS E ADOLESCENTES
Na manhã da quinta-feira, dia 27 de janeiro, a subcomissão que faz parte da Comissão de Subsídios do Ano Vocacional do Brasil esteve reunida para pensar os roteiros celebrativos que serão direcionados às famílias, aos jovens e às crianças e adolescentes.
“Definido isso, agora vem o trabalho de produção”, informou o padre Juarez Destro, assessor da Comissão para os Ministérios Ordenados da CNBB e membro da Comissão de Subsídios do Ano Vocacional.
Ainda segundo o padre Juarez Destro, a ideia é apresentar os roteiros na reunião do dia 07 de março, quando todos os membros da Comissão estarão reunidos. Nesta estiveram presentes além do padre Juarez, a Alessandra Miranda (Comissão para a Ação Sócio Transformadora); a irmã Floripes Reis; irmã Sirlei Cordeiro e Luis Duarte Vieira (IPV); Rafaeli Meira (CNISB).
O Ano Vocacional começa no dia 20 de novembro de 2022, na Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, Dia dos Cristãos Leigos e Leigas e Jornada Diocesana da Juventude.
A Comissão Central do Ano Vocacional de 2023 escolheu o tema “Vocação: Graça e Missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33).
Confira o depoimento de dom João Francisco Salm, presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, sobre o Ano Vocacional 2023 e o processo de escolha do tema central:
A Comissão de Subsídios do Ano Vocacional do Brasil
São quatro as comissões de trabalho para o Ano Vocacional, além da Comissão Central. A Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, é a coordenadora geral.
Das quatro comissões de trabalho, uma é a responsável pela produção de subsídios. As demais estão responsáveis pelo Texto-base (comissão teológica), Liturgia e Comunicação.
Padre Juarez explica que a comissão de subsídios foi subdividida. “Uma parte dos membros ficou responsável pela elaboração de dois livros vocacionais. E a outra parte dos membros ficou responsável pela elaboração dos roteiros celebrativos para estes três públicos: crianças, jovens e famílias” .
Fonte: cnbb.org.br